Introdução

Viagem ao interior de \(\pi\) com \(2\,147\,483\,000\) de algarismos

Experimente

Escolha uma sequência de algarismos, um número que lhe seja familiar. Por exemplo uma data na forma DDMMAAAA, um número de telefone, o número do seu bilhete de identidade, ...

Consegue encontrar a sequência que escolheu em \(\pi\)?

Escreva o número no formulário do computador e dê início à sua viagem ao interior de \(\pi\).

O que aconteceu

A procura é feita pelo computador nos primeiros \(2\,147\,483\,000\) algarismos do \(\pi\) e, aí, existe uma forte probabilidade de na sua viagem encontrar o número que escolheu, se este não tiver mais que nove algarismos.

Se encontrou, é convidado a produzir e imprimir um postal, que será o "souvenir" desta sua viagem. Neste postal, poderá ficar registada a posição em que o número foi encontrado, assim como o seu nome, uma expressão alusiva ao número que procurou e este valor rodeado de uma multidão de algarismos que representam a sua vizinhança no interior de \(\pi\).

O seu nome em \(\pi\) com \(148\,000\,000\) de letras

Experimente

Escolha uma sequência de letras, uma palavra, um nome que não tenha mais que seis caracteres.
Será que a palavra escolhida existe em \(\pi\) na base \(27\)?

Utilize o computador para o auxiliar nesta procura. Inicie aqui o processo da sua pesquisa.

Siga o link para saber o que significa representar \(\pi\) na base \(27\).

O que aconteceu

Tal como no caso anterior, se o nome que escolheu não tiver mais que cinco letras existe uma boa probabilidade de este ser encontrado. Com seis letras será um pouco mais difícil mas não impossível.
Tente a sua sorte para um nome com mais que seis letras.


(*) Carlos Magno, Outubro de 2000
Versão de 2015 adaptada das páginas de apoio à Exposição Matemática Viva, organizada pelo Atractor


Nível de dificuldade: Secundário, Superior